Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
15
Abr 08
publicado por samizdat, às 11:15link do post | comentar

Os empregados de uma rádio pacifista têm termo de residência fixa

 

«As autoridades palestinianas decretaram termo de residência fixa a sete empregados de uma rádio com sede em Ramallah, que milita pela paz entre israelitas e palestinianos», relata a agência AP. «Três dias antes, a polícia já tinha fechado o local de RAM-FM em Jerusalém.

No decorrer dessa intervenção, na segunda-feira, o material de difusão tinha sido apreendido com o pretexto de que a estação emitia sem licença. Sete empregados tinham passado a noite na prisão.

O chefe de redacção de RAM-FM afirmou na quarta-feira 3 que os sete empregados tinham recebido termo de residência fixa durante toda a semana e que estavam proibidos de falar com qualquer pessoa que não fosse das suas relações próximas. Na semana seguinte, puderam sair de casa mas estavam proibidos de ir trabalhar ou de falar com os seus colegas.

O ministro israelita da Comunicação afirmou que o termo de residência das pessoas que trabalham em rádios piratas era um procedimento corrente, tanto mais que podiam, na sua opinião, perturbar as comunicações do aeroporto internacional. Assegurou que isto não tinha nada a ver com a orientação de RAM-FM.

A estação afirma ter obtido uma frequência de difusão da Autoridade Palestiniana com o acordo de Israel. A Associação da imprensa estrangeira, que representa os organismos de imprensa operando em Israel e nos territórios palestinianos, pediu a libertação imediata dos empregados de RAM-FM, sublinhando que «estas detenções levantam questões sérias sobre a liberdade de expressão em Israel».

 (Fonte: CAPJPO-EuroPalestine, 9.4.08

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
19

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO