Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
03
Nov 08
publicado por samizdat, às 14:58link do post | comentar
Por Yoav Stern e Ofri Ilani

O presidente da associação de estudantes árabes da Universidade Hebraica foi detido pelo pessoal de segurança da universidade no domingo depois de recusar apertar a mão ao presidente Shimon Peres, em visita à universidade.

Ali Baher foi deitdo durante três horas depois de chamar de dizer que a mão de Peres era a de um "assassino de crianças".

O seu cartão de estudante foi confiscado até se reunir uma comissão disciplinar para apreciar o seu comportamento.

"Eu tenho o direito de não apertar as mãos que não quero apertar," disse Baher ao Haaretz no domingo.

Um porta-voz do Adalah - Centro Jurídico para os Direitos da Minoria Árabe em Israel - disse que a organiozação tenciona reclamar a devolução do cartão de estudante de Baher, porque a sua declaração era um exercício da liberdade de expressão.

Peres visitou a Universidade Hebraica de Jerusalém no domingo, quando o ano académico se iniciou apesar de várias semanas de ameaças de greve do pessoal da universidade e do corpo docente em torno de uma discussão orçamental com o departamento do Tesouro.

Na Universidade, Peres passeou ao longo do relvado principal e visitou a biblioteca.

Fonte: www.haaretz.com, 3.11.08


mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO