Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
06
Jun 09
publicado por samizdat, às 09:19link do post | comentar

Shraga Elam (da Suíça, um antigo paraíso fiscal)

Segue-se uma versão adaptada do original hebreu dum artigo do Haaretz sobre um novo programa israelita para atrair judeus ricos. A sua parte essencial está traduzida, mas de algum modo encontra-se escondida dentro do artigo.:

“… uma reforma fiscal aprovada pelo Knesset em Setembro [2008], concedendo a novos imigrantes e a israelitas retornantes uma isenção fiscal de 10 anos sobre receitas obtidas fora do país.. A emenda também os dispensa da obrigação legal de apresentar declarações fiscais sobre as receitas isentadas.

O Haaretz escreve por baixo do título Deste modo Israel tornou-se um paraíso fiscal para judeus ricos:

O resultado [da reforma fiscal]: Os [judeus] imigrantes ou isrealitas retornantes podem continuar a deter bens e a realizar negócios no estrangeiro egozar em Israel de uma isenção fiscal sobre os lucros obtidos com esse património. [Esta legislação israelita apelica-se a propriedades no estrangeiro devido aos tratados fiscais que impedem a dupla tributação].

A reforma fiscal israelita é um convite à lavagem de dinheiro e, de momento, a campanha parece estar a ter sucesso, especialmente no Reino Unido. Um dos magnates que regressariam a Israel segundo o Haaretz (apenas na versão hebraica!) é o milionário Sol Zakay (veja-se, sobre o tema, o The Sunday Times).


mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO