Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
24
Set 09
publicado por samizdat, às 14:30link do post | comentar

Notícias da Palestina - 4

  • A comissão de inquérito de crimes de guerra das Nações Unidas, liderada pelo juiz Goldstone, publica o relatório sobre a ofensiva israelita contra Gaza em Janeiro passado. O relatório acusa Israel de crimes de guerra e crimes contra a humanidade: http://bit.ly/MkwjP Israel rejeitou o relatório, mas é esperado que este seja usado como base de processos no Tribunal Criminal Internacional em Haia.

  • Foto-história: Durante o mês do Ramadão, centenas de milhares de palestinianos, fazem fila nos postos de controlo israelita para poderem ir rezar às mesquitas de Jerusalém. É recusada a passagem à maioria das pessoas: http://bit.ly/4AqSNL


Notícias da campanha Boicote, Desinvestimento, Sanções (BDS)

  • O fundo de pensões americano TIAA-CREF anunciou que desinvestiu da empresa israelita "África-Israel" pelo seu papel na construção de colonatos em território palestiniano. Este anúncio vem depois de uma campanha de activistas pro-Palestina baseados em Nova Iorque: http://bit.ly/1QUsp

  • A empresa nacional de águas israelita Mekorot assinou um contracto com a EPAL (empresa portuguesa das águas livres). A Mekorot é acusada de roubar água dos aquíferos palestinianos e recusar a entrega de água potável aos mesmos. Leia mais sobre este novo contracto: http://bit.ly/KgmCK

    Leia mais factos sobre a carência de água nos territórios ocupados: http://bit.ly/DXDZB

  • Vitória histórica! A união de sindicatos de trabalhadores do Reino Unido, com 6.5 milhões de trabalhadores, aprovou uma moção de boicote aos produtos israelitas: http://bit.ly/3rF0L

 

O Comité de Solidariedade com a Palestina volta a reunir-se no dia 7 de Outubro, às 21 horas. A participação é aberta a todos/as os interessados. Contacto: 96 315 49 17.


publicado por samizdat, às 09:01link do post | comentar


O governo espanhol acaba de recusar que a universidade de Ariel, situada num colonato israelita na Cisjordânia, participe num concurso internacional organizado pela Espanha sobre a “casa solar”.

O ministro espanhol do Alojamento desqualificou o “Centro Universitário de Samaria”, no colonato de Ariel na Cisjordânia, da competição final do concurso internacional aberto aos departamentos universitários de arquitectura para desenhar e construir casas auto-suficientes que utilizem a energia solar.

Sergi Vega, director do concurso “Solar Decathlon”, apadrinhado pela Espanha, escreveu à Universidade de Ariel: “A decisão foi tomada pelo governo espanhol porque a vossa universidade está situada num território ocupado da Cisjordânia. O governo espanhol comprometeu-se em apoiar o acordo internacional no âmbito da União Europeia e das Nações Unidas respeitante a esta zona geográfica”.

O centro universitário de Ariel ficou colocado na final deste concurso juntamente com 22 outras universidades mundiais, após dois anos de colaboração com os organizadores da competição e o governo espanhol. Nesse âmbito, a universidade chegou a receber uma bolsa de 100.000 euros dos organizadores do concurso para a construção de um protótipo de casa para a competição final, prevista para Madrid em Junho de 2010.

A anulação da participação da equipa israelita na competição foi reclamada por iniciativa da associação "Architects and Planners for Justice in Palestine" (Arquitectos e promotores para a justiça na Palestina), a fim de se juntar ao apelo ao boicote universitário lançado contra Israel pelo Comité palestiniano (Campanha de Boicote, Desinvestimento e Sanções).

Rejeitamos com desprezo a declaração parcial que recebemos do Ministério espanhol do Alojamento”, declarou a direcção da universidade ilegalmente instalada em território palestiniano.

Publicado por CAPJPO-EuroPalestine, em 22-09-2009

 

Fonte: http://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-3779907,00.html


 


 

 


08
Set 09
publicado por samizdat, às 08:55link do post | comentar

 

  • VIDEO: Jornalista da Al-Jazeera English atacada por militares israelitas enquanto reportava em directo os protestos não-violentos semanais contra o muro Apartheid em Bil´in: http://bit.ly/245ves

  • Israel alarga colonatos ilegais na Cisjordânia em desafio às exigências da comunidade internacional: http://bit.ly/fYf8h

  • Duas crianças palestinianas assassinadas por Israel no espaço de uma semana. Mohammad Riyadh Nayef de 15 anos foi atingido no campo de refugiados de Jalazoun em Ramallah: http://bit.ly/jmzYZ Ghazi Maher Al Zaanen de 13 anos foi baleado quando este andava perto nos campos em Gaza: http://bit.ly/a8m5E

Notícias da campanha Boicote, Desinvestimento, Sanções (BDS)

  • Vitória! O governo norueguês tomou a decisão de retirar o seu investimento da empresa israelita Elbit Systems Ltd, pelo seu papel central na construção do muro de apartheid na Palestina. O governo israelita reagiu com fúria à decisão: http://bit.ly/12A5Bf

  • A empresa construtora de colonatos "África-Israel", propriedade do milionário Israelita Lev Leviev, anunciou esta semana que não conseguirá pagar as dívidas aos credores, estimadas em 1.4 mil milhões de euros. Uma das razões desta queda está relacionada com a crise económica mundial, mas analistas pensam que os boicotes a esta empresa contribuíram para afastar os investidores. Leia mais: http://bit.ly/gBK0K

  • A famosa actriz e activista americana Jane Fonda juntou-se ao movimento BDS, pedindo ao festival de cinema de Toronto para que não branqueie os crimes de apartheid israelitas ao organizar o festival em Tel Aviv. Leia mais: http://bit.ly/qOuIk


mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25
26

27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO