Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
05
Mar 09
publicado por samizdat, às 21:36link do post | comentar

Eis a carta que Mordechai Vanunu enviou ao Comité do Prémio Nobel da Paz:

 

“Jerusalém-oriental ocupada, 1 de Março de 2009


Caros membros do Comité do Prémio Nobel da Paz (Oslo),

Sou Mordechaï Vanunu; fui nomeado por várias vezes à candidatura do Prémio Nobel da Paz. Foi também o caso neste ano de 2009.

Pela presente, peço ao Comité que retire o meu nome da lista de candidatos deste ano. Com efeito, eu não posso figurar numa lista de laureados que inclui uma pessoa como Shimon Peres. Trata-se, efectivamente, do homem que presidiu de A a Z à política de armamento nuclear israelita. Peres criou, e em seguida desenvolveu, o centro de produção de armas atómicas de Dimona, em Israel. Exactamente como fez o Dr. Khan no Paquistão, Peres foi o homem por trás da proliferação de armas atómicas para a África do Sul e outros países. Ele também esteve, a título de exemplo, na origem do programa de testes nucleares na África do Sul, a partir de 1978.

Foi esse mesmo Peres que ordenou que eu fosse raptado em Roma, na Itália, no dia 30 de Setembro de 1986, e que iniciou o processo secreto que me condenou por espionagem e traição a dezoito anos de prisão de alta segurança, num isolamento total em Israel. Até hoje, ele persiste em opor-se à minha liberdade, apesar de eu ter efectuado a totalidade da minha condenação, ou seja, dezoito anos de encarceração.

Por todas estas razões, não quero ser nomeado e não aceitarei nenhuma nomeação. Direi não a qualquer nomeação desta natureza enquanto não estiver livre, isto é, enquanto não tiver o direito de abandonar o território israelita.

O QUE EU REIVINDICO, É A MINHA LIBERDADE, E UNICAMENTE A MINHA LIBERDADE!

Com os meus agradecimentos”.

Assinado:vmjc

vanunuvmjc@gmail.com

http://www.vanunu.com

Fonte: http://www.alterinfo.net/Mordechai-J-C-Vanunu-ecrit-au-Comite-du-Prix-Nobel-de-la-Paix-Je-ne-saurais-figurer-sur-une-liste-de-laureats-comportant_a30370.htm?


 

Vanunu Mordechaï J.C. Foi raptado em Roma em 30 de Setembro de 1986. Após ter passado dezoito anos na prisão, continua a aguardar, em Jerusalém-oriental, a liberdade de deixar o território israelita. O processo para a liberdade de expressão de Vanunu começou em Israel, em 25 de Janeiro de 2006. Em Julho de 2007, Vanunu foi condenado a seis meses de prisão efectiva por ter dirigido a palavra a estrangeiros em 2004 (tratava-se de jornalistas).

O seu recurso no Tribunal Supremo de Israel está em vias de ser examinado, mas os cinco anos de restrições que lhe negam o direito de deixar o território israelita, assim como o direito de dirigir a palavra a não-israelitas expira em 21 de Abril de 2009.

Traduzido de:

http://www.europalestine.com/spip.php?article3886


 


mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO