Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
12
Mar 09
publicado por samizdat, às 18:13link do post | comentar

O governo australiano anunciou hoje que está a ponderar o boicote à conferência conhecida como Durban II, que vai realizar-se proximamente, por iniciativa da ONU, em Genebra. Com este anúncio, a Austrália junta-se aos Estados Unidos e ao Canadá, que já confirmaram a sua ausência no encontro. Tal como os EUA e o Canadá, o governo australiano diz-se indignado pela condenação unilateral de Israel, à qual atribui laivos de "anti-semitismo".

O boicote australiano faria todo o sentido: depois de terem construído um país assente no genocídio do povo aborígene, convém aos círculos dirigentes agarrar-se ao menor pretexto para ficarem longe de um grande forum internacional onde não poderão sentir-se à vontade os negacionistas dos vários holocaustos da História.

A ausência dos EUA e do Canadá tem também um significado semelhante, tratando-se de dois países construídos a partir do extermínio dos povos indígenas da América do Norte.

Essa ausência apenas lhes acrescenta uma nota de amarga ironia, ao desfazer as ilusões de que um presidente negro, por ser negro, pudesse colocar a intransigência do combate anti-racista acima dos cálculos mesquinhos de alianças geo-estratégicas com o novo apartheid israelita.

E ajuda também a desfazer as ilusões de que a nova Administração norte-americana fosse romper inteiramente com o unilateralismo da era bushiana e reabilitar o papel da ONU.

Fonte: www.haaretz.com, 12.03.09


Bons argumentos, boas comparações! É raro ouvir-se falar de vários holocaustos e é bom não esquecermos todos os povos que foram esmagados e exterminados ao longo da história.
Arrunha a 12 de Março de 2009 às 19:14

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO