Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org
14
Mai 10
publicado por samizdat, às 11:50link do post | comentar

No dia 24 de Maio, chegará a Gaza a maior frota alguma vez enviada para romper o bloqueio imposto há 4 anos. Trata-se da Frota da Liberdade, proveniente da Turquia, juntando uma dezena de grandes navios carregados de alimentos, medicamentos e outros bens necessários à população de Gaza, como geradores eléctricos e materiais de construção.

O governo palestiniano decidiu ampliar o porto de Gaza para acolher os navios, no caso de eles conseguirem chegar ao território cercado, sem restrições ou proibições israelitas. Serão os primeiros grandes navios a ancorar neste porto, agora reconstruído, depois da sua destruição pelos bombardeamentos israelitas.

Cerca de 20 países participam nesta iniciativa, entre os quais, a Turquia, a Irlanda, a Itália, a Alemanha, a Indonésia e a Jordânia, com diversas personalidades políticas e 1080 militantes de várias nacionalidades.

O presidente do Comité Popular contra o bloqueio, Jamal al-Khudari, manifestou o seu receio de que os navios da Frota da Liberdade sejam impedidos pela marinha de guerra israelita de chegar ao porto de Gaza. Para evitar a intercepção militar israelita, o primeiro-ministro turco Erdogan previu nos navios um «escudo humano» de cerca de mil militantes.

Nos últimos dois meses, Israel reduziu o combustível que permite fazer funcionar a central eléctrica de Gaza. A maior parte da Faixa de Gaza encontra-se frequentemente na total escuridão. Apenas um pequeno número de camiões pode entrar para impedir que a população morra de fome.

O Egipto, cúmplice da política de bloqueio contra os palestinianos, está a construir um muro de aço subterrâneo para impedir a população de Gaza de transportar os produtos de primeira necessidade através dos túneis.

Fonte: www.info-palestine.net

 

Fonte: www.info-palestine.net



 

Foto: No verão de 2008, os dois primeiros barcos de Free Gaza conseguiram chegar ao território cercado, onde foram acolhidos por uma flotilha de embarcações de pescadores com a bandeira palestiniana. Foto: Muhammed Muheisen


mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO