Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SOLIDARIEDADE COM A PALESTINA

Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org

SOLIDARIEDADE COM A PALESTINA

Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org

Jean Wyllys, vítima e cúmplice da opressão

O antigo deputado do PSOL Jean Wyllys, que se autoexilou depois de ter sido alvo de ameaças de morte dos fascistas brasileiros, é bem vindo em Portugal para nos dar a conhecer a situação no Brasil e para mobilizar uma ampla solidariedade contra o ambiente opressivo que se vive no grande país latino-americano – contra os negros, os índios, as mulheres, os homossexuais, os opositores políticos e, em geral, contra os trabalhadores.

 

Wyllys é bem vindo em todas as conferências que tem feito e digno de ser defendido diante da escumalha fascista que tentou boicotar a sua conferência em Coimbra. A sua voz deve ser ouvida e nós devemos fazer tudo para que seja ouvida.

 

Mas a nossa solidariedade com Wyllys-vítima não implica cegueira acrítica face ao Wyllys-cúmplice. O autoexilado devia prestar atenção aos milhões de exilados palestinianos, que permanecem expulsos das suas terras, muitos deles há mais de 70 anos, quando ainda eram crianças.

 

E, contudo, a visita que fez ao Estado de Israel teve um significado político diametralmente oposto à sua visita a Portugal: aqui veio como vítima, queixar-se da opressão. Lá foi apoiar a opressão, com a estafada ladainha de que a campanha BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções) é “antisemita” e comparável ao boicote ianque contra Cuba.

 

Quando Wyllys se torna, subitamente, vítima do governo que quer mudar a Embaixada brasileira para Jerusalém, pode contar com a nossa solidariedade. Infelizmente ainda está por esclarecer se esse cúmplice da opressão vai aprender alguma coisa, pensar um pouco além da sua própria opressão e lembrar-se que há milhões de pessoas a sofrerem uma opressão muito pior.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D