Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SOLIDARIEDADE COM A PALESTINA

Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org

SOLIDARIEDADE COM A PALESTINA

Informação sobre a ocupação israelita, a resistência palestiniana e a solidariedade internacional *** email: comitepalestina@bdsportugal.org

PALESTRA COM O HISTORIADOR ISRAELITA ILAN PAPPÉ

QUINTA-FEIRA 10 MAIO - 21 horas
 Pequeno Auditório da Culturgest
Entrada gratuita
Levantamento de bilhetes 30 min. antes da sessão, no limite dos lugares disponíveis.
Conferência em inglês, com tradução simultânea

 


Na era de Trump: Perigos e oportunidades para a Palestina
é o título da palestra, seguida de debate, que organizam o Comité de Solidariedade com a Palestina e o Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente, com o apoio da Culturgest (http://www.culturgest.pt/arquivo/2018/05/ilanpappe.html). A sessão será moderada pelo jornalista José Goulão.

Doutorado em 1984, pela Universidade de Oxford, fundador e director do Centro Europeu de Estudos Palestinos, sediado no Instituto de Estudos Árabes e Islâmicos da Universidade de Exter, na Grã-Bretanha, a carreira académica de Ilan Pappe, repartida entre universidades israelitas e britânicas, é extensa e a sua obra marcante. Entre mais de uma dezena de livros, inúmeros artigos em revistas de referência, capítulos de livros e trabalhos em co-autoria, destaca-se Britain and the Arab-Israeli Conflict, 1948-51, London and Basingstoke, The Macmillan Press Ltd, 1993, The Ethnic Cleansing of Palestine. Oxford, OneWorld Publications, 2006, The Modern Middle East. New York and London, Routledge, (2005, 2010 e 2014), The Idea of Israel, London and New York, Verso, 2014 (cf. https://socialsciences.exeter.ac.uk/iais/staff/pappe/ para a descrição exaustiva do curriculum vitae de Ilan Pappe).

Além do enunciado simples da sua obra, o trabalho de Ilan Pappe, a quem alguém já chamou o “mais corajoso historiador de Israel”, distingue-se pelo profundo sentido humanista, lucidez e rigor conceptual e metodológico com que aborda temas de grande complexidade que marcam a história e o presente do mundo contemporâneo, em particular, a história da Palestina, do sionismo, da formação e da história do estado de Israel, e do contexto mais geral do Mediterrâneo oriental. Dada a relevância do percurso académico de Ilan Pappe e o seu compromisso cívico com os dramas e conflitos que dilaceram aquela região, a oportunidade de um encontro aberto à opinião pública reveste-se, por isso, de inegável importância. A evolução recente dos acontecimentos, em particular depois da declaração do Presidente dos Estados Unidos da América sobre o reconhecimento de Jerusalém como capital do estado de Israel, acrescenta-lhe actualidade.


Sobre Ilan Pappé
Professor de História, director do Centro Europeu de Estudos sobre a Palestina, sediado no Instituto de Estudos Árabes e Islâmicos da Universidade de Exeter, Ilan Pappé iniciou a sua formação académica na Universidade Hebraica de Jerusalém e leccionou nos departamentos de História do Médio Oriente e de Ciências Políticas na Universidade de Haifa entre 1984 e 2006. Pappé é o nome mais destacado da geração dos chamados “novos historiadores” que revolucionou profundamente o conhecimento sobre a história da Palestina, do sionismo e do Estado de Israel. Um dos seus livros mais importantes é The Ethnic Cleansing of Palestine (A limpeza étnica da Palestina), publicado em 2006. Em 2017, publicou Ten Myths about Israel (Dez mitos sobre Israel). Perseguido na Universidade de Haifa e ameaçado de morte, foi obrigado a mudar-se para o Reino Unido em 2007. Ele é um dos principais expoentes do boicote académico a Israel como forma de contribuir para o fim da ocupação militar nos territórios palestinianos.

 
Sobre José Goulão
A sua carreira de jornalista iniciou-se em 1974, tendo trabalhado desde então em inúmeros órgãos de imprensa, incluindo rádio e televisão, muitas vezes com responsabilidades de edição e chefia de redacção e sempre na área de política internacional. Fundou e dirigiu a revista Volta ao Mundo entre 1994 e 1998 e foi director da Revista Vida Mundial entre 1997 e 1998. Fundou e dirigiu o website Jornalistas sem Fronteiras, entre 2015 e 2016. Actualmente mantém uma coluna semanal no website Abril Abril sobre temas internacionais. Na sua já longa carreira, percorreu todos os continentes, entre a Europa, África e as Américas, mas o Médio Oriente foi sempre a sua principal área de interesse. Fez inúmeras viagens à região, cobrindo alguns dos mais importantes acontecimentos do último quartel do séc. XX, desde a guerra de Beirute, em 1982 e da primeira intifada, em 1987, ao regresso à Palestina de Yasser Arafat, que entrevistou em 1991. Entre o jornalismo de investigação e o romance, é autor de 6 obras, a última das quais, Coisas do Outro Mundo, edição da Página a Página, publicada já este ano.

 


A palestra na Culturgest realiza-se por ocasião da vinda a Lisboa de Ilan Pappé para participar na conferência internacional "Beyond Planetary Apartheid" promovida pelo ISCTE e o ICS, com fundos da FCT, cujo programa pode ser consultado aqui:

https://cei.iscte-iul.pt/eventos/evento/settler-colonialism-in-palestine/

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D